8 de abr de 2017

É hora de dizer “eu te amo”. - por Marcos A. Junior



Este pode ser o último post que você lê. Talvez seja o último sábado da sua vida. Pode ser que amanhã você não acorde de um sono nem tão profundo assim. O ponto de ônibus pode ser o seu último local de vida. Quem sabe um asteroide caia na terra e tudo deixe de existir em questão de segundos. São inúmeras possibilidades válidas nesta tão grata e ingrata, ao mesmo tempo e quase com a mesma intensidade, vida. A nossa existência é realmente um sopro. De uma hora para outra, a pessoa que estava ao seu lado há muito tempo, pode não estar mais. A vida não é apenas um sopro. Ela também é um sagaz furacão. Nós, humanos, somos apenas curtos fios de cabelo. Do nada, o nosso tudo é transformado. Em poucos segundos, os castelos de areia montados por toda uma vida podem ruir. Não há como fugir a tal regra. Nunca conseguiremos a imortalidade física. Conhecendo tal limitação, por que não imortalizar-nos com as pessoas que amamos? É um ponto de vista que realmente não consigo compreender. Na vida, existe uma única certeza: Iremos morrer. Não importa quando. Não importa como. O prazo de validade de todos vão expirar, seja por acidente, assassinato ou pela ação inegociável do tempo. Conhecendo tal imposição, por mais indesejada que seja, o que você espera para dizer o quanto as pessoas que estão à sua volta são importantes em sua vida? Por que negar as declarações de amor? Medo de sofrer? Covardia? Receio de rejeição? Não há uma justificativa que me pareça válida. Imaginemos que uma criatura sobrenatural surja em nossas frentes e nos avise: “Você tem apenas mais um dia de vida”. A primeira reação da maioria das pessoas é “resolver as pendências”. Pedir perdão aos companheiros por não terem sido bons o suficiente por todo o tempo. Ligar para os irmãos e falar que todas aquelas brigas aconteceram porque queríamos o bem deles. Tomar coragem e enfrentar os nossos próprios medos e desejos. Assumir todos os sentimentos que tivemos durante toda a vida. Porém, me pergunto: Será que é realmente necessário esperar que tal entidade fantasiosa apareça em nossa frente para lembrar que o nosso tempo está acabando? Acredito que a resposta automática seja não. Desculpem-me as palavras duras, mas você irá morrer. Sim, estou falando de você que está lendo este texto. A sua vida vai acabar e nada do que você tem hoje partirá junto com você, seja qual for a sua crença ou caminho. Talvez a sua vida tenha sido dura demais. Talvez você não tenha coragem o suficiente para enfrentar aquela pessoa que você brigou quando mais novo. Talvez as palavras de alguém tenham realmente lhe ferido profundamente. Pois é. A vida tem destas coisas. Somos seres viciados em guardar, principalmente lembranças de fatos que não aconteceram conforme os nossos desejos. Mais uma dica para você, leitor: A morte também não é do nosso querer, mas nunca deixou de acontecer por causa disso. Pode ser tarde para recuperar algumas pessoas, algumas oportunidades. Porém, hoje é sempre muito cedo para não deixar mais ninguém morrer, seja por querer próprio ou por imposição do destino, sem ter conhecimento do seu sentimento. Diga com toda as suas forças. Grite, se possível for. Revele o seu amor para quem você realmente amar. Faça o seu melhor durante o hoje. Lembre-se: Amanhã pode ser tarde demais.

22 comentários:

  1. Oi, Marcos!!
    Adorei cada palavra que você escreveu nesse breve texto!! As vezes ficamos preocupamos em acumular bens materiais e esquecemos o que é mais importante na nossa vida, que é, ficar com as pessoas que amamos e demostrar que elas são importantes para nós!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marta.
      Obrigado pelo elogio.
      É exatamente isso que tento dizer com esse texto.
      Valorize cada pessoa, cada momento.
      Ninguém sabe até quando estaremos aqui.
      Beijo.

      Excluir
  2. Mano, que texto maravilhoso. Adorei, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Olá Marcos,
    amei seu textos, suas palavras são intensas...e é verdade o que diz, temos que sempre estar correndo, lutando por aquilo que se amar, que quer e nunca desistir...e nunca deixa de tentar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lily!
      Obrigado pelos elogios, são muito importantes para mim.
      E sim, devemos amar enquanto é tempo, pois o nosso tempo pode acabar a qualquer minuto.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  4. Marcos!
    E ainda completo seu raciocínio, não devemos dizer apenas com palavras,mas devemos mostrar, fazer com que nossas atitudes mostrem o grande amor que temos em nossos corações. Devemos viver de forma intensa e com a única certeza que temos já ao nascer: a qualquer momento, vamos morrer.
    Aproveitemos os dias para viver e demonstrar o amor a cada instante.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto sempre é importante a gente se pegar com essas reflexões mais profundas, onde percebemos o que nos foi tirado, perdido ou esquecido! Ah, engraçado porque esse post me lembrou um pouco sobre o livro os 13 porques!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Adriana.
      Primeiramente, muito obrigado pelos elogios.
      Sobre o livro, não tive a oportunidade de ler, mas irei procurar.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  6. Oi Marcos, não sei como você consegue. Cada vez que leio um texto seu fico maravilhada com o dom que você tem em tornar as palavras harmônicas. Acho que essa mensagem é super importante porque as vezes acontece de entrarmos no automático e não percebemos as oportunidades que surgem para dizer um simples "Bom dia" ou um "Obrigada por fazer parte da minha vida". São frases que parecem bobas, mas que fazem toda diferença do mundo pra quem realmente gosta da gente.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila,

      primeiramente, fico maravilhado com os elogios feitos por vocês.
      Atesto que talvez esse seja o melhor dom que tenho nesta vida.
      Suas palavras tornam "esse", o momento de ler os comentários, um momento extremamente prazeroso.
      É sempre um prazer ler palavras tão intensas quanto essas suas.
      Obrigado, novamente.

      E sim, a vida é tão importante que chega a ser besta e vice versa.
      Valorize quem e o quanto puder.

      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  7. Olá, Marcos...
    Que texto lindo... Realmente devemos aproveitar cada momento da vida vida como se fosse o último e amar incondicionalmente, com palavras e atitudes... Fazer tudo da melhor forma como se fosse a última vez... Parabéns pelo seu texto.
    Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiane
      Obrigado pelos elogios.
      Toda palavra, seja ela positiva ou negativa, é realmente muito importante para nós, escritores.
      Essa é a dádiva da vida.
      Viver como se cada momento fosse o último, pois efetivamente é.
      Obrigado pelo comentário.
      Abraço.

      Excluir
  8. Olá. Parabéns por saber expressar em palavras, tão sublime sentimento.
    O seu texto é realmente verdadeiro! Amor é o sentimento mais lindo desse universo, independente da forma que é transmitido. E saber demonstrar é o mais importante. E, como você comentou, viver o hoje com toda a intensidade, pois amanhã é incerto.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia!
      Obrigado pelos elogios.
      O amor é um sentimento completo.
      Quem o tem, tem tudo.
      Obrigado pelo comentário.
      Abraço.

      Excluir
  9. Belíssimas palavras, Marcos!
    De fato, nunca sabemos quando será nosso último momento com alguém ou mesmo nosso último momento "por aqui". Só tenho que discordar quanto à imortalidade. Do jeito que a ciência avança, com isso de transplante de cabeça e sei lá o que, não duvido nada que encontrem o segredo para a imortalidade. Claro que não servirá de nada para mim kkkk mas pra outras pessoas poderá ser útil

    Abraço
    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Abril você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kemmy!
      kkkkk... é um fato, a questão da imortalidade.
      Porém, acredito que quem leu este texto, não há de conseguir tal proeza.
      Então, a frase é "meio" que certa. kkkkkkkkkk
      Muito obrigado pelo seu comentário.
      É importantíssimo escutá-los.

      Excluir
  10. "O ponto de ônibus pode ser o seu último local de vida." - ou o recomeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza.
      Pode ser um final, sem ser o final.
      Você me entende, não é?
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  11. Oi!
    Gostei muito desse texto, temos que viver o momento o máximo que podemos, viver o hoje, pois não sabemos o que vira no amanhã, realmente quando fomos não vamos levar nada material, devemos nos preocupar mais com as pessoas, seus sentimentos e vivemos sem arrependimentos !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Suzana.
      É exatamente isso.
      Muito obrigado pelo comentário e pelo elogio.

      Excluir